Um Artista da Fome no Kasulo Espaço de Arte e Cultura

blog-image
Compartilhe

Encenada pela primeira vez em 2008, a peça coreográfica Um Artista da Fome é inspirada em um conto homônimo do escritor tcheco Franz Kakfa (1883-1924), publicado em 1922. A obra conta a história de um artista que ganhava a vida como jejuador profissional, ficando até 40 dias sem comer nada. Como as pessoas perderam interesse por esse tipo de espetáculo, o protagonista passa a se apresentar em um circo, onde também já não é mais a atração principal.

Ao investigar a relação conflituosa entre o artista e o espectador, a montagem cria uma discussão sobre a busca incessante por fama, poder, status e dinheiro na sociedade contemporânea. Nesse contexto, o prazer pelas novidades do consumo produz corpos coisificados e embrutecidos, incapazes de pensar com autonomia e insensíveis aos valores éticos, sociais e políticos.

Na encenação, a companhia, que já montou várias coreografias a partir de Kafka (como “O Processo”, “Carta ao Pai” e “Colônia Penal”) ao longo de seus 20 anos de existência, pinta um retrato visceral do mundo atual, sem retoques. Arte política e ideologicamente engajada.

O espetáculo é uma das ações propostas pelo Projeto Cia. Carne Agonizante – Duas Décadas – Dança como Instrumento Reflexivo e Político, contemplado pela 21ª edição do Programa Municipal de Fomento à Dança para a cidade de São Paulo.

SERVIÇO

“Um Artista da Fome”, da Cia. Carne Agonizante

Kasulo Espaço de Arte e Cultura – Rua Sousa Lima, 300 – Barra Funda – São Paulo

Temporada: 11 de agosto a 3 de setembro.

Informações: ciacarneagonizante@gmail.com | www.ciacarneagonizante.com.br