São Paulo Companhia de Dança temporada na Europa

blog-image
Compartilhe

São Paulo Companhia de Dança temporada na Europa

A São Paulo Companhia de Dança (SPCD), corpo artístico da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerida pela Associação Pró-Dança e dirigida por Inês Bogéa, dá início às suas turnês internacionais anuais com um clássico: O Sonho de Dom Quixote, criado por Márcia Haydée para a Companhia. A obra estreia na Suíça, na cidade de Winterthur, nos dias 20 a 23 de fevereiro, no palco do Theater Winterthur.

O balé – um dos mais populares em todo o mundo – conta duas histórias em paralelo: as aventuras do sonhador visionário Dom Quixote, que se dispõe a combater “o erro, o falso e o mal de mil semblantes” e a encontrar sua dama perfeita Dulcinéia; e o amor quase impossível de Kitri e Basílio, uma vez que ela estava prometida por seu pai a Gamache, um rico comerciante.

A versão especial de Márcia Haydée para a São Paulo Companhia de Dança mantém alguns momentos reconhecíveis desta obra - criada originalmente por Marius Petipa (1818-1910) em 1869 e inspirada em um capítulo da obra de Miguel de Cervantes (1547-1616) com música composta por Ludwig Minkus (1826-1917) – ao mesmo tempo em que as atualiza com cenografia de Hélio Eichbauer e desenhos de Candido Portinari (1903-1962), figurinos de Tânia Agra, luz de José Luiz Fiorruccio, composições de Norberto Macedo (1939-2011) e poemas de Carlos Drummond de Andrade (1902-1987).

A apresentação da SPCD na Suíça contará com acompanhamento musical da Orchester Musikkollegium Winterthur, com direção musical de Christoph Gedschold.

“Desde 2011, a São Paulo Companhia de Dança realiza turnês pela Europa com custos totalmente cobertos por teatros e produtores internacionais. Isso é importante porque é um reconhecimento do trabalho da Companhia. Além da Suíça, também teremos apresentações na França, Inglaterra, Escócia, Alemanha e Itália ao longo de 2020”, comenta Inês Bogéa, diretora artística da Companhia.