Prix ​​de Lausanne 2018 - 46ª edição do Prix ​​de Lausanne

blog-image
Compartilhe

Dos 74 participantes 21 candidatos foram escolhidos nas seleções para competir nas finais onde apenas 8 jovens estudantes receberam uma bolsa de estudos que lhes permite entrar em uma das 72 escolas ou companhias parceiros do Prix de Lausanne. Os candidatos não premiados participaram ainda do Network Forum uma chance e oportunidade de serem escolhidos por Diretores das instituições parceiras.

Durante uma semana, os membros do júri observaram os candidatos que apresentaram variações de ballet clássico e variações contemporâneas. Este ano, o Diretor Artístico do HET National Ballet, Ted Brandsen, foi presidente do grupo de júri. A Brasilera Carolyne Galvão foi a mais bem colocada ficando entre as 8 selecionadas e ainda recebeu o premio da audiência. Durante as deliberações após as Finais, o público presente teve uma performance em duas partes, onde 50 alunos das escolas parceiras se paresentaram no palco apresentando o Projeto Choreográfico (Pulso) coreografada por Goyo Montero e, ainda uma performance de Kristina Shapran (Primeiro Solista) e Xander Parish (Dançarino Principal) do Teatro Mariinsky.

 

Saiba quem são os bailarinos escolhidos

407 – WAGMAN Shale

112 – PARK Hanna

134 – GUO Wenjin

207 – LEE Junsu

309 – ZHAO Xinyue

412 – ARANDA MAIDANA Miguel Angel David

303 – GALVAO Carolyne

135 – GELFER-MÜNDL Aviva

Prêmio Dança Contemporânea:

207 – LEE Junsu

Prêmio Favorito da Audiência:

303 – GALVAO Carolyne

Prêmio Rudolf Nureyev Fundação :

407 – WAGMAN Shale

Melhor Candidato Suiço :

 416 – BAREMAN Lukas

Mais informações: https://www.prixdelausanne.org