Prisão Contemporânea

blog-image
Compartilhe

Coletivo E N C O N T R O E M M O V I M E N T O 

Quais são as suas próprias prisões? 

Com esse questionamento, a obra, contemplada pelo edital do Programa de Ação Cultural (ProAc) do Governo do Estado de São Paulo, mostra através da escrita corporal a discussão acerca das amarras que vivenciamos em nossa vida cotidiana. Baseada no poema “Escravidão Contemporânea”, de autoria de Carla Pozo, temas como: o tempo, excessos, consumismo, relacionamentos e angustias ganham forma com três mulheres intérpretes no palco, que também trazem para a cena suas próprias prisões. O público dialoga diretamente com a obra e as intérpretes, através das rodas de conversa ao final de cada apresentação e também das oficinas de dança oferecidas em cada umas das cinco cidades por onde passarão.

Coletivo Encontro em Movimento:

Fundado há dois anos, o Encontro em Movimento é formado pelas bailarinas e intérpretes Beatriz Pozo, Bruna Savini e Ingrid Laurentino, além de toda parte de produção, assessoria de Imprensa, luz, vídeo e trilha sonora de Thiago Lopes, Paulo Henrique Caetano,  Lúcia Diniz, Rodolfo Leal e Carla Pozo. Contamos também com a participação especial da provocadora cênica Yaskara Manzini e na paisagem sonora Michael Meyson. Apesar de um grupo jovem, o coletivo tem na sua formação bailarinas premiadas, educadora física, participação em diversos cursos com profissionais renomados, em várias linguagens da dança e experiências internacionais. Um grupo que soma distintas vivências na construção de sua identidade artística, com muito amor, dedicação e estudo.

Fotos: Marcos Villa, Antônio Colaço, Rodrigo Barbosa

#SãoPaulo 11 e 12/05 - 19h Centro de Referência da Dança de São Paulo 

#Caraguatatuba 17/05 às 10h e às 20h Teatro Municipal de Caraguatatuba