NUDAFRO

blog-image
Compartilhe

NUDAFRO Cia. de Dança Contemporânea da UFRJ,  com direção geral, roteiro e coreografia de Tatiana Damasceno, apresentará o espetáculo de dança contemporânea AGÔ., no Teatro Municipal Ziembinski - Tijuca - Rio de Janeiro no dia 31 de maio.

AGÔ#resistência#dança#arteviva#pesquisaufrj#culturaviva - espetáculo de dança contempoânea que trabalha de forma poética e vibrante questões vivenciadas, sentidas e constatadas por atores sociais afrodescendentes ao longo de muito tempo em diversos lugares no mundo. Entrelaça na cena, movimentos, imagens, poesias e falas relacionando-os com a linguagem da dança contemporânea por meio de uma investigação coreográfica que busca intensificar e diversificar as possibilidades desse encontro. Através de diálogos, tensões e contradições estabelecidas com os indivíduos no universo urbano, até hoje, os afrodescendentes experimentam na pele a perpetuação de traumas culturais. Porém, alicerçados nas “narrativas de lutas na terra”no “jogo de guerreiros no caminho”, no “chão de oferendas” eles ecoam com força, gestos de luta por respeito e oportunidades: Licença porque precisamos falar! Falar sobre saberes e acontecimentos que norteiam as nossas vidas. “Sou essa pele, esse cheiro, esse beiço grosso, esse cabelo na medida exata”. Sou o humano preto, amarelo, roxo, o branco e o azul dos ancestrais”. No elenco a  NUDAFRO Cia. de Dança Contemporânea da UFRJ,  com direção geral, roteiro e coreografia de Tatiana Damasceno .

Quando e Onde

31 de maio a 2 de junho / 7 a 9 de junho - sexta-feira a domingo 

Sexta-feira e Sábado (19h)

Domingo (18h)

Teatro Municipal Ziembinski -  Rua Heitor Beltrão, s/no. Tijuca -  Próximo à Estação de Metrô, São Francisco Xavier.

Ingresso: R$20 inteira, R$10 meia 

Duração: 60 minutos

Classificação livre e indicativa para todas as idades 

Dança contemporânea 

 direção geral, roteiro e coreografia de Tatiana Damasceno

intérpretes criadores: NUDAFRO Cia. de Dança Contemporânea da UFRJ - Lucas Santos, Bellas da Silveira, Elen Mesquita, Caio Roberto, Luís Silva, Rhaiane Silvestre, Luís Gustavo (LG), Mirian Miralles e Tatiana Damasceno

Poesias: Renata Borges, Xandy Carvalho, Éle Semog, Tatiana Damasceno, Jackeline Sarah

fotos - crédito Julius Mack