Mass B

blog-image
Compartilhe

Nos dias 21 e 22 de outubro, sábado, às 21h, e domingo, às 18h, o Sesc Santana apresenta o espetáculo “Mass B”, de Beatrice Massin. A diretora da companhia Fêtes Galantes trabalha com a relação entre o contemporâneo e o barroco na dança.

“Mass B” traduz a pretensão de Massin de transmitir e aprimorar a herança coreográfica dos séculos XVII e XVIII. Inspirada na peça “Missa em B menor”, de Johann Sebastian Bach, a produção é constituída por uma sucessão de pequenos fragmentos, breves momentos nos quais os artistas se movimentam de acordo com as intensidades propostas pela música. Conforme as variações, expressam uma complexa gama de gestos.

A coreografia é rigorosa, com construções quase geométricas, de acordo com as exigências da dança barroca. Enquanto que, uma maior liberdade formal é inserida pelo contemporâneo. São estabelecidos pontos de encontro entre as duas linguagens, “imaginar uma dança barroca de hoje, transformá-la em performance contemporânea”.

Beatrice Massin é bailarina e coreógrafa. Dirige a companhia Fêtes galantes e é uma das maiores especialistas em dança barroca na França. Iniciou sua carreira na dança contemporânea mas, após um tempo trabalhando com a linguagem, passou a se apropriar da linguagem barroca. Com quase 15 anos de existência, a Fêtes galantes realiza um trabalho essencial no que diz respeito à herança da dança francesa dos séculos XVII e XVIII, ao mesmo tempo em que é um ambiente de produção e criação contemporânea.

Ficha técnica:

Coreografia: Béatrice Massin

Música: Jean Sébastien Bach, extratos de la Messe en si mineur (Frans Brüggen - Netherlands Chamber Choir - Orchestra of the 18th century) György Ligeti Extraits du Continuum - 1ère Etude pour orgue Harmonies - Poème symphonique pour 100 métronomes avec Lauren Bolze, Lou Cantor, Benjamin Dur, Rémi Gérard, Philippe Lebhar, Marie Orts, Edouard Pelleray, Bérangère Roussel, Chloé Zamboni, Thalia Zilloti

Cenografia: Frédéric Casanova

Iluminação: Caty Olive

Criação Sonora: Emmanuel Nappey

Figurinos: Clémentine Monsaingeo

  

SERVIÇO:

21 e 22/10. Sábado, às 21h, e domingo às 18h.
Av. Luiz Dumont Villares, 579 – Jd. São Paulo.

Teatro. Capacidade: 330 lugares.

Recomendação etária: livre. Duração: 90 minutos.

Ingressos: R$6,00 a R$20,00.

Acesso para deficientes – estacionamento – ar condicionado.

Estacionamento - R$7,50 a R$15 período do espetáculo.

Para informações sobre outras programações ligue 0800-118220 ou acesse o portal www.sescsp.org.br

Funcionamento da bilheteria do Sesc Santana – de terça a sexta, das 9h às 21h, aos sábados, das 10h às 21h, e aos domingos e feriados, das 10h às 18h45. Aceitam-se cheque, cartões de crédito (Visa, Mastercard e Diners Club International) e débito (Visa Electron, Mastercard Electronic, Maestro, Redeshop e Cheque Eletrônico). Ingressos podem ser adquiridos em todas as unidades do Sesc.