A MÁQUINA DA AMNÉSIA NO CENTRO CULTURAL SÃO PAULO

blog-image
Compartilhe

Espetáculo de dança idealizado por Fernando Martins – Plataforma Shop Sui, foi desenvolvido a partir dos estudos da

pesquisa de linguagem Brain Diving com inspiração no universo fantástico do artista australiano Shaun Tan

 

 

Contemplado na 20ª edição do Programa Municipal de Fomento à Dança para a Cidade de São Paulo A MÁQUINA DA AMNÉSIA faz uma temporada gratuita por quatro locais diferentes da capital paulista: Centro Cultural São Paulo (de 2 a 4 de junho), Centro Cultural da Penha (8, 9 e 11 de junho), Centro de Referência da Dança da Cidade de São Paulo (14, 16 e 17 de junho) e Galeria Olido (30 de junho e 1 e 2 de julho).

O processo de criação de A MÁQUINA DA AMNÉSIA foi desenvolvido a partir dos estudos da pesquisa de linguagemBrain Diving como elemento principal. A dramaturgia poética e cênica desse espetáculo tem inspirações nos instantes de amnésia e o distanciamento de nosso estado consciente ao executarmos uma ação rotineira.

Para Fernando Martins sua pesquisa de linguagem Brain Diving diz respeito a observações e reflexões provocadas dentro do processo prático, além de propor uma ruptura sobre um mecanismo em repetição de pensamentos e ações durante o percurso de movimento. “É um ‘mergulho’ consciente sobre questões importantes que proporcionam ao indivíduo caminhos para a construção de uma forma pessoal em mover-se, criando oportunidades de conexão durante o trajeto de criação do movimento no corpo, ampliando possibilidades de experimentar uma presença cênica específica”, explica ele.

 

A MAQUINA DA AMNÉSIA apresenta uma atmosfera repleta de esquecimentos e interrompimentos – cinco corpos e cinco percursos – onde cada indivíduo propõe seu mergulho e compartilha seu momento de compreensão da pesquisa. “A máquina que chega é pesada, estacionada na sala vazia de nossas mentes. A consciência é líquida e escorre depressa, é o cabo que liga e desliga, ou você entra, ou fica de fora. Entrar na máquina faz parte de entender seu sistema, ser parte da engrenagem. Se remontar,  fragilizar e solidificar”, conta Fernando com a seguinte provocação: “O que você precisa esquecer para não esquecer-se de ti?”.

 

Sobre Fernando Martins

Ao longo de 27 anos de carreira dedicados a dança, atualmente concentra seus projetos autorais dentro da Plataforma Shop Sui – um espaço dinâmico no qual o artista potencializa seus projetos e parcerias. Como elemento central de sua pesquisa se dedica ao aprofundamento da linguagem Brain Diving.

 

 

Para roteiro:

 

A MÁQUINA DA AMNÉSIA

Diretor/Coreógrafo e Pesquisador – Fernando Martins. Intérpretes Colaboradores – Dalila Leon, Fernando Martins, Paula Sousa, Simone Camargo e Vitor Rosa. Cenografia – Leo Ceolin. Assistentes de Cenografia  Suellen Souza e Maria Eduarda Viana. Cenotécnico – Edson Luna. Produção Musical e Trilha Sonora – Fernando Martins. Designer de Luz – Rodrigo Silbat.Captação e Edição de Vídeo – Osmar Zampieri. Fotografia – Silvia Machado. Figurino – João Pimenta. Dispositivo de criação l escultura – Ana Clara Joly. Designer Gráfico – Renan Marcondes. Fotografia – Silvia Machado. Produção – Bufa Produções – Aline Grisa. Assistência de Produção  Sol Casal. Duração – 50 minutos. Recomendado para maiores de 14 anos. GRÁTIS.

 

Centro Cultural São Paulo – Sala Jardel Filho

Dias 2, 3 e 4 de junho

Sexta-feira e sábado às 21 horas e domingo às 20 horas

Rua Vergueiro, 1000 – Paraíso, São Paulo. Telefone (11) 3397-4002

Capacidade: 321 lugares

GRÁTIS – Retirada de ingressos com 1 hora de antecedência na bilheteria

 

Centro Cultural da Penha – Teatro Martins Penna

Dias 8, 9 e 11 de junho

Quinta e sexta-feira às 20 horas e domingo às 19 horas

Largo do Rosário, 20 – Penha, São Paulo. Telefone (11) 2295-0401

Capacidade: 200 lugares

GRÁTIS – Retirada de ingressos com 1 hora de antecedência na bilheteria

 

Centro de Referência da Dança da Cidade de São Paulo

Dias 14, 16 e 17 de junho

Quarta-feira, sexta-feira e sábado às 19 horas

Galeria Formosa s/nº (baixos do Viaduto do Chá) – Centro, São Paulo. Telefone (11) 3214-3249

Capacidade: 65 lugares

GRÁTIS – Retirada de ingressos com 1 hora de antecedência na bilheteria

 

Galeria Olido – Sala Paissandú

Dias 30 de junho e 1 e 2 de julho

Sexta-feira e sábado às 20 horas e domingo às 19 horas

Av. São João, 473 – Centro, São Paulo. Telefone (11) 3331-8399

Capacidade: 140 lugares

GRÁTIS – Retirada de ingressos com 1 hora de antecedência na bilheteria