Joinville a Disneylandia Brasileira

blog-image
Compartilhe

Joinville a Disneylandia Brasileira

O maior festival de do mundo (segundo Guiness book) já é regra durante o mês de julho no Brasil, nesta edição de 2019 o evento se superou e alcançou recorde de participantes mais de 9mil, segundo a organização. Evento ocorreu entre os dias 16 e 27 de julho no complexo do Centreventos Cau Hansen e em vários pontos da cidade de Joinville.

Noite de Abertura

 “Musical dos Musicais”, cenas da Old e da New Broadway

Mostra Competitiva

277 foram apresentadas

Noite dos campeões

Coreografias campeãs nas categorias Sênior e Júnior, retornaram ao palco do Centreventos Cau Hansen para brindar o público com o melhor do Festival de Dança nas duas Noites dos Campeões, a primeira dedicada aos trabalhos da categoria Júnior e a segunda, da categoria Sênior. Os vencedores das premiações de Melhor Bailarino, Melhor Bailarina, Melhor Grupo, Melhor Coreógrafo, Prêmio Daniel Camargo e Prêmio Especial.​

Prêmio Daniel Camargo

O Prêmio Daniel Camargo teve como objetivo incentivar os bailarinos da categoria Júnior – de 13 a 15 anos. Daniel já teve experiências no Australian Ballet, Tokyo Ballet, Czech National Ballet, Stuttgart, Mariinsky Theater, Royal Ballet e é o bailarino principal do Het National Ballet, de Amsterdam, na Holanda, desde 2016. A iniciativa de oferecer o prêmio foi do próprio bailarino, que dançou no palco do Festival de Dança em 2009 e recebeu a Medalha de Ouro, como melhor bailarino. O vencedor recebeu  medalha e premiação de 10 mil reais em dinheiro.

Meia Ponta

54 foram apresentadas

Tarde dos Campeões Meia Ponta

Os primeiros lugares da competição Meia Ponta se apresentaram novamente na Tarde dos Campeões, quando foram entregues os prêmios de Melhor Bailarina, Melhor Bailarino e Melhor Grupo.

Estímulo Mostra de Dança

Talentos que já passaram pelas competições do Festival e se sagraram campeões em pelo menos uma das últimas cinco edições tiveram a oportunidade de apresentar um espetáculo completo na Estímulo Mostra de Dança. Nesta edição apresentarem se Cia Jovem de Paraopeba e Raça Cia de Dança

Palcos Abertos

Neste ano são mais de 1,7 mil coreografias que sobiram aos Palcos Abertos instalados em diferentes pontos da cidade.

Work in Progress

O Work in Progress é uma vivência artística gratuita que oportuniza aos bailarinos 10 dias de aula com dois grandes nomes do cenário nacional. Nesta edição, os gêneros contemplados foram Danças Urbanas e Sapateado. As aulas de Danças Urbanas foram conduzidas pelo coreógrafo e professor Ugo Alexandre. Já a vivência em Sapateado foi conduzida pelo coreógrafo, produtor e professor Steven Harper. Durante o Festival, os grupos que participaram das aulas fazem apresentações gratuitas no Teatro Juarez Machado.

Feira da Sapatilha

A Feira da Sapatilha movimenta o Festival de Dança de Joinville e se tornou ponto de encontro de bailarinos, professores, coreógrafos, apreciadores da dança e público em geral. A feira reúniu moda, tendências, lançamentos, artigos e equipamentos. Os 120 estandes comercializaram os mais variados itens para bailarinos, profissionais e apreciadores da dança. Além disso, o espaço concentra um dos Palcos Abertos, com apresentações gratuitas.​

+Dança

O + DANÇA ocorreu nos dias 21 e 22 de julho e as atividades Workshops Meetings, Divulgue Seu Trabalho, DHIx (Dança: Histórias Incentivadoras), K-Pop Joinville Festival, Dog Dance Day, Jam Session, Dança Para Quem Não Dança foram desenvolvidas no Saltare Centro de Dança, Teatro Juarez Machado, Escola do Teatro Bolshoi no Brasil, Centro de Convenções Alfredo Salfer e Feira da Sapatilha.

Rua da Dança

O Festival foi ao encontro do público na Rua da Dança. Uma ótima opção de lazer para toda a família, com apresentações, aulas abertas e feira de artesanato. O evento gratuito e ao ar livre aconteceu na Praça Tiradentes, na Av. Santa Catarina, no bairro Floresta.

Visita aos Bastidores

A rotina de produção do Festival de Dança estava disponível aos participantes e ao público no programa de visita aos bastidores.

Cursos

O Festival de Dança de Joinville é um verdadeiro universo da dança. Além das apresentações no palco principal, há inúmeras atividades desenvolvidas para intercâmbio cultural e aperfeiçoamento dos participantes. Os 95 cursos com mais de 3 mil vagas, entre cursos práticos e teóricos oportunizam o aprimoramento de bailarinos, professores, coreógrafos e profissionais ligados às diversas áreas da dança.

Mais informações – www.festivaldedanca.com.br

 

Ajude-nos a manter o trabalho da Dança Brasil

O jornalismo acompanha e divulga a arte da dança.

Está a serviço da arte da dança e da diversidade de opinião.

Há 27 anos Dança Brasil exercita o jornalismo transparente, fiel à verdade factual, atenta a diversidade cultural na area da dança.

Nunca antes o jornalismo se fez tão necessário e nunca dependeu tanto da contribuição de cada um dos leitores.

Faça parte da Dança Brasil assine, contribua com um veículo dedicado a produzir diariamente uma informação de qualidade, profunda e analítica.

A arte da dança agradece.

Clique no link abaixo e faça sua assinatura anual apenas R$ 55,00

https://www.paypal.com/webapps/hermes?token=32F02702HK5524050&useraction=commit&mfid=1553687958902_64c5971e79a3b