IMERSÃO DE BUTOH

blog-image
Compartilhe

Em parceria com o Vale do Arvoredo, a coreógrafa Ana Medeiros organiza a primeira imersão da dança japonesa vanguardista Butoh na Serra Gaúcha. A atividade acontece no final de semana entre 26 e 28 de maio, quando os participantes serão mergulhados na técnica e filosofia da arte do Butoh.

A bailarina traz seus conhecimentos de anos de estudo da dança e visitas ao Japão a um novo espaço. “Há algum tempo venho sonhando em ministrar uma imersão de Butoh em meio a natureza. Serão dois dias mergulhados na escuta, no vivenciar e no ecoar o Vale. Experiências essas que alimentam o imaginário do corpo daquele que dança”, explica Ana.

O Vale do Arvoredo é um espaço de intercâmbio de artes localizado em Morro Reuter, na Serra do Rio do Sul. O local propõe a convivência de criadores e praticantes de diversos fazeres artísticos em contato direto com a natureza. A propriedade possui 14 hectares, incluindo mata nativa intocada, cascata e arroio.

 

Programação

- Encontros e práticas de Butoh em meio à natureza enriquecendo as percepções sensoriais

- Oportunidade de assistir vídeos sobre as obras de Kazuo e Yoshito Ohno e conversar sobre o Butoh e seus mestres

- Espaço para criação em grupo e/ou individual

- Entrega de certificado

 

Serviço

Imersão de Butoh nos dias 26, 27 e 28 de maio no Vale do Arvoredo

Investimento: $560,00 (inclui estadia, alimentação, e transporte)

Somente oito vagas.

Enviar carta de intenção e breve currículo para medeirosana@mac.com

Inscrições até o dia 20 de maio pelo e-mail medeirosana@.mac.com

 

Almoço e janta inclusos nas diárias

*O café da manhã será feito pelo grupo (levar mantimentos para esta refeição)

*Saída de Porto Alegre no dia 26 de maio, sexta-feira às 16:00

*Retorno à Porto Alegre no dia 28 de maio, domingo às 16:00

 

Sobre Ana Medeiros

 

É bailarina, professora e coreógrafa de dança contemporânea com formação em dança moderna na Martha Graham School of Contemporary Dance. Viveu por 23 em Nova York onde dançou com Mila Parish and Dancers, Jean Erdman Theater of Dance, Aria Edry, Sandra Kauffman, Isadora's Dance Legacy e Mary Miller Dance Company. Em 1992 começa a coreografar e apresentar seus trabalhos em espaços como P.S.122, Merce Cunningham Studio, 92 Street Y, Judson Church, e na França, Holanda e Brasil. No final de 2012, retorna a Porto Alegre e atualmente ministra o curso Princípios de Butoh na Casa Cultural Tony Petzhold. Em Julho de 2014, participa do ImpulsTanz, festival internacional de dança em Viena, onde estudou composição coreográfica com Mathilde Monnier e Butoh com Ko Murobushi, além de aprofundar seus estudos em improvisação com Andrew Harwood e no método Feldenkrais. Em janeiro de 2015, inicia seu projeto de pesquisa e estudo do Butoh com Yoshito Ohno no Kazuo Ohno Dance Studio em Yokohama, Japão. Hoje seu trabalho é voltado à prática desta vertente.