A Escrita da Dança

blog-image
Compartilhe

No dia 17 de março, às 10h30, Inês Bogéa, diretora artística da São Paulo Companhia de Dança (SPCD), da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, gerida pela Associação Pró-Dança, ministra Palestra de Dança para educadores, A Escrita da Dança , na Oficina Cultural Oswald de Andrade, localizada na Rua Três Rios, 363, mesmo local da sede da Cia. A palestra é gratuita mediante inscrição pelo e-mail educativo@spcd.com.br.    
Inês Bogéa é doutora em Artes (Unicamp, 2007), bailarina, documentarista, escritora e professora no curso de especialização Arte na Educação: Teoria e Prática da Universidade de São Paulo (USP). De 1989 a 2001, foi bailarina do Grupo Corpo (Belo Horizonte). Foi crítica de dança da Folha de S. Paulo de 2001 a 2007. É autora de diversos livros infantis e organizadora de vários livros. Na área de arte-educação foi consultora da Escola de Teatro e Dança Fafi (2003-2004) e consultora do Programa Fábricas de Cultura da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo (2007-2008). É autora de mais de quarenta documentários sobre dança.  
Antes do bate-papo, haverá a exibição do DVD A Escrita da Dança, produzido pela Companhia, que aborda a história da dança cênica ocidental em suas principais vertentes – clássica, moderna e contemporânea, procurando mostrar as diferentes maneiras pelas quais o corpo se organiza no espaço e as inter-relações entre esses estilos cênicos. O material faz parte de uma série produzida pela São Paulo que conta com documentário, textos e sugestões de exercícios que dialogam com os Cadernos de Arte da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo e procura estimular o conhecimento do universo da dança de maneira a apreciá-lo, refletindo e percebendo-o de forma criativa.  Neste dia, os participantes também poderão assistir trechos dos ensaios na SPCD, além de receberem o DVD Escrita da Dança e certificado de participação, que será enviado por e-mail.  

“A relação da educação e da arte amplia as possibilidades d e percebermos o mundo sobre diferentes prismas, enriquecendo a formação do cidadão. A São Paulo Companhia de Dança tem como uma importante vertente de seu trabalho, o diálogo com os professores do ensino regular visando ampliar o entendimento da relação da dança com outras áreas de conhecimento.  afirma Inês.          

 
A São Paulo é uma Companhia de repertório, ou seja, realiza montagens de excelência artística, que incluem trabalhos dos séculos XIX, XX e XXI de grandes peças clássicas e modernas a obras contemporâneas especialmente criadas por coreógrafos nacionais e internacionais. A difusão da dança, produção e circulação de espetáculos é o núcleo principal de seu trabalho. A SPCD apresenta espetáculos de dança no Estado de São Paulo, no Brasil e no exterior e é hoje considerada uma das mais importantes companhias de dança da América Latina pela crítica especializada. Desde sua criação já foi assistida por um público superior a 600 mil pessoas em 15 diferentes países, passando por 119 cidades, em mais de 700 apresentações.   

Os Programas Educativos e de Formação de Plateia para a Dança, outra vertente de ação da SPCD, vem no movimento da Companhia a cada cidade por onde ela passa e encontra pessoas que apreciam e praticam a arte da dança. Nas Palestras de Dança, temos a oportunidade de diálogo sobre os bastidores dessa arte, nas Oficinas de Dança, um encontro para vivenciar o cotidiano dos bailarinos da SPCD, nos Espetáculos Gratuitos Para Estudantes e Terceira Idade a proposta é de ver, ouvir e perceber o mundo da dança, e por meio do Dança em Rede, uma enciclopédia de dança online e colaborativa disponível no site da Companhia, mapeamos a dança de cada cidade por onde a SPCD passa. A Companhia também promove espaços onde interessados na arte da dança possam compartilhar experiências. Assim criou o Seminário Internacional de Dança, que visa abordar a prática da dança em diferentes perspectivas e o Ateliê Internacional São Paulo Companhia de Dança, evento que proporciona um ambiente de arte, permitindo um estudo teórico-prático de técnicas de dança.   

A dança tem muitas histórias, e para revelar um pouco delas a Companhia criou a série de documentários Figuras da Dança, que traz a história desta arte contada por quem a viveu. Os episódios podem vistos nos canais Arte 1 e Canal Curta!, e no canal da SPCD no Youtube . A série conta hoje com 33 episódios: Ismael Guiser (1927-2008), Ivonice Satie (1950- 2008), Ady Addor, Marilena Ansaldi, Penha de Souza, Ruth Rachou, Luis Arrieta, Hulda Bittencourt, Tatiana Leskova, Angel Vianna, Antonio Carlos Cardoso, Carlos Moraes, Décio Otero, Márcia Haydé, Sônia Mota, Ana Botafogo, Célia Gouvêa, Lia Robatto, Marilene Martins, Ismael Ivo, Edson Claro (1949-2013), Hugo Travers, J.C Violla, Cecília Kerche, Eva Schul, Janice Vieira, Eliana Caminada, Mara Borba, Jair Moraes, Paulo Pederneiras, Maria Pia Finócchio, Nora Esteves, José Possi Neto e Aracy Evans. A SPCD também publicou seis livros de ensaios, além de documentários para professores e outros que registram os bastidores da sua ação.   

A Companhia é um lugar de encontro dos mais diversos artistas para que se possa pensar em um projeto brasileiro de dança.   
SERVIÇO SÃO PAULO COMPANHIA DE DANÇA | Oficina Cultural Oswald de Andrade - SP Palestra A Escrita da Dança com Inês Bogéa  
Dia 17 de março| sábado, às 10h30 Oficina Cultural Oswald de Andrade Endereço: Rua Três Rios, 336 | Bom Retiro | São Paulo Telefone: (11) 3224-1380 Duração: 60 min  Ingressos: Grátis. Inscrições pelo e-mail educativo@spcd.com.br