DEBATE SOBRE DANÇA URBANA CONTEMPORÂNEA

blog-image
Compartilhe

Entre os dias 8 e 11 de dezembro, quinta-feira e domingo, o T.F.Style Cia de Dança ocupará o palco do Teatro Zanoni Ferrite ao lado do grupo Zumb.boys para apresentação de espetáculos de dança, debates e vivências artísticas que fazem parte dos diálogos que resultarão em pesquisa para nova obra do T.F.Style prevista para estrear no segundo semestre de 2017. A ação faz parte da XX Edição do Fomento à Dança da cidade de São Paulo conquistada pela companhia em 2016.

Nos dias 8 e 9 de dezembro, quinta e sexta-feira, serão apresentados em sequência os espetáculos Beco (T.F.Style) e B.E.C.O (Zumb.Boys) a partir das 20h. Nos dias 10 e 11 de dezembro - sábado a partir das 20h e domingo a partir das 19h - as companhias apresentam Sob a Pele (T.F.Style) e B.E.C.O (Zumb.boys).

Também no sábado, dia 10, os grupos irão debater às 16h sobre a dança urbana contemporânea. E no domingo (11), a vivência compartilhada de processos criativos acontecerá a partir das 14h. 

Nos próximos meses, em datas e locais a serem confirmadas, a T.F.Style ainda se reunirá com outras companhias de dança para continuar os ciclos de apresentações, debates e vivência artística, elegendo sempre para os encontros grupos que trabalhem a partir das danças urbanas. Toda a programação é gratuita e aberta ao público.

 

Sobre Beco (T.F.Style)

BECO, de Igor Gasparini e Frank Tavantti, surge a partir de alguns questionamentos: o quanto nos conhecemos? Até onde vão os nossos desejos? O que quer nosso inconsciente? A partir daí, o espetáculo busca refletir sobre os anseios individuais e coletivos; sobre o “beco de cada um” e o que move esse corpo, sonhando ou acordado, aprofundado internamente em múltiplas vontades e refletindo metáforas de uma vida de aparências.

 

Sobre B.E.C.O (Zumb.boys)

O espetáculo retrata um olhar de ocupação da cidade, pesquisando movimentos do cotidiano e os trabalhando com a técnica do breaking. O espetáculo não descaracteriza as danças urbanas e, mesmo assim, narra uma história - criando uma identidade - e utiliza a dança sem necessidade de elementos que não sejam o próprio corpo.

 

Sobre Sob a Pele (T.F.Style)

Existo. E, na pele, minha existência concretiza-se em constante relação entre corpo e cidade. Pele. O maior órgão do corpo humano. Sensível ao toque e à temperatura. Por ela transpiro, sinto prazer, respiro. Nela carrego minhas memórias, lugar onde se imprimem marcas, cicatrizes. E o tempo. Protege meu interior, delimita minha relação com o ambiente. Quais sensações meu corpo percebe potencializadas pela cidade? Quais opressões, medos e angústias o ambiente urbano me proporciona? Esta obra busca refletir sobre as várias percepções sentidas, profundamente, sob a pele.

 

Sobre o T.F.Style Cia de Dança

O T.F.Style Cia de Dança investiga a Dança Urbana Contemporânea e pesquisa as possibilidades de exercitar um pensamento contemporâneo do hip hop. Esta investigação concentra-se em descobrir novas possibilidades corporais a partir de técnicas de diferentes danças urbanas, mas desenvolvendo um trabalho autoral, marcado por um percurso de investigação das sensações que estimulam esses corpos a partir da individualidade dos intérpretes. A pesquisa parte das danças urbanas, mas vai transformando suas bases, criando e modificando suas referências, desenvolvendo essa pesquisa particular. 

O grupo T.F.Style teve início em 2002, sob direção de Igor Gasparini. A partir de 2007, com a direção artística de Frank Tavantti e com o desenvolvimento do elenco, surge o T.F.Style Cia de Dança, passando a existir enquanto companhia de dança na cidade de São Paulo. Em 2016 é contemplada pela XX Edição do Fomento à Dança da cidade de São Paulo e pelo Edital PROAC 2016 de Circulação de Espetáculos de Dança no Estado de São Paulo.

 

Serviço

 

Apresentações

8 e 9 de dezembro, quinta e sexta-feira, a partir das 20h - Beco (T.F.Style) e B.E.C.O (Zumb.Boys). Duração total: 100 minutos.

10 de dezembro, sábado, a partir das 20h – Sob a Pele (T.F.Style) e B.E.C.O (Zumb.Boys). Duração total: 110 minutos.

Debate

10 de dezembro, sábado, 16h – Debate sobre dança urbana contemporânea. Duração: 90 minutos.

Vivência

11 de dezembro, domingo, 14h – Vivência compartilhada de processos criativos. Duração: 180 minutos.

Local: Teatro Zanoni Ferrite (Av. Renata, 163 - Chácara Belenzinho, São Paulo - SP, 03377-000)

Classificação: 12 anos.