A Dança chora a perda de mais uma de suas estrelas

blog-image
Compartilhe

A Dança chora a perda de mais uma de suas estrelas

A atriz e bailarina Marilena Ansaldi, um dos nomes mais importantes da dança no Brasil, morreu nesta terça-feira (9) aos 86 anos, na cidade de São Paulo.

Marilena foi a primeira solista do Corpo de Baile do Teatro Municipal nos anos 1950 e 1960, até compor o Balé Bolshoi da Russia. No ano de 1966, cria, ao lado de Márika Gidali, Victor Austin e Peter Hayden, o Balé de Câmara.

A São Paulo Companhia de Dança (SPCD), destacou que "multifacetada, Marilena atuou como bailarina, coreógrafa, produtora, autora e atriz, sendo precursora da dança-teatro no Brasil". Marilena Ansaldi participou de diversas montagens, atuou por políticas públicas da Cultura, e se despediu dos palcos aos 82 anos no espetáculo "Depois", da Studio 3 Cia de Dança, coreografado por Anselmo Zolla em 2019 https://youtu.be/cMcPLr-_q64.

 

Ajude-nos a manter o trabalho da Dança Brasil!
Nosso jornalismo acompanha e divulga a arte da dança.
Está a serviço da arte da dança e da diversidade de opinião.
Há 28 anos, a Dança Brasil exercita o jornalismo transparente, fiel à verdade factual, atenta à diversidade cultural na área da dança.
Nunca antes o jornalismo se fez tão necessário e nunca dependeu tanto da contribuição de cada um dos leitores.
Faça parte da Dança Brasil! Assine, contribua com um veículo dedicado a produzir diariamente uma informação de qualidade, profunda e analítica.
A arte da dança agradece.
Clique no link abaixo e faça sua assinatura anual por apenas R$ 55,00.
https://mpago.la/2anBM14