Cartografia do Possível

blog-image
Compartilhe

Dois solos e um duo no ‘Cartografia do Possível’ do Centro de Referência da Dança O programa “Cartografia do Possível”, do Centro de Referência da Dança – CRDSP – traz, nesta primeira semana de novembro, dois solos na sexta (3/11) –“Melodia de um idioleto”, processo de criação de Maria Basulto, que investiga a vocalização do corpo, e “after sinuous curves”, da bailarina e coreógrafa Korina Kordova, que reflete sobre a experiência de um corpo em transição –, e no sábado (4/11), dois artistas – o brasileiro Pedro Penuela e o argentino Facundo Monasterio – apostam na potência própria da palavra musicada para dançar “Jukebox” ao som de canções associadas a histórias de amor, que despertam fragmentos de experiências e mobilizam sua ficcionalização. Maria Basulto, bailarina do premiado “Devolve 2 horas da minha vida” (2016), de Alex Soares, abre a noite com o compartilhamento do processo de criação de “Melodia de um idioleto”, novo trabalho que Investiga um corpo regido pela vocalidade por ele produzida – a boca se sublinha e canta um poema fonético. Em seguida, Korina Kordova entra com “after sinuous curves”, estudo sobre o (des)equilibrio e a vulnerabilidade em um corpo tomado por impulsos incompatíveis, numa estrutura coreográfica baseada em princípios de transformação e ruptura. Como uma escultura permeável em movimento, o corpo da performer, ao ser atravessado por energias em tempo real, vai transmutando e liberando imagens que se manifestam, mas nunca se cristalizam. Como defende o antropólogo Claude Lévi-Strauss, em seu trabalho sobre a “eficácia simbólica”, o canto pode permitir a travessia de uma geografia afetiva do corpo, articulando a experiência pessoal a uma narrativa mítica. Em “Jukebox”, os bailarinos Pedro Penuela e Facundo Monasterio convocam o imaginário amoroso de canções que parecem ter o poder de re-materializar presenças por meio da palavra associada à música, para desdobrá-lo e fazê-lo circular. A entrada para todas as apresentações é gratruita. Crédito da foto: Divulgação Serviço Cartografia do Possível Dias 03 e 04 de novembro de 2017 Local: Centro de Referência da Dança de São Paulo – CRDSP Baixos do Viaduto do Chá, s/n – Repúblia – São Paulo/SP (acesso pela Rua Formosa – próximo às estações República, São Bento e Anhangabaú do Metro). Ingresso: Grátis Informações: (11) 3214.3249 | 95301.3769 Programação 3/11 (sexta), 19h “Melodia de um idioleto”, de Maria Basulto Sala Ivonice Satie Classificação indicativa: Livre Duração: 15 minutos 3/11 (sexta), 19h15 “after sinuous curves”, com Korina Kocrdova Sala Ivonice Satie Classificação indicativa: 12 anos Duração: 35 minutos 4/11 (sábado), 19h “Jukebox”, com Pedro Penuela e Facundo Monasterio Sala Ivonice Satie Classificação indicativa: 14 anos Duração: 40 minutos