21 Maioridade Merecida

blog-image
Compartilhe

A dança contemporânea, demanda pesquisa, investigação e invenção de novos movimentos onde a dança e a música dialogam com a multiplicidade corporal. Neste sentido o coreografo Arilton Assunção diretor e coreografo da Faces Ocultas Companhia de Dança apresentou nos dias 19 e 20 de maio sua mais nova criação “Código de Barras” para a companhia que completa 21 anos de atividades. A comemoração em forma de estreia foi apresentada na Sala Palma de Ouro na cidade de Salto – SP, sede da companhia que tem público fiel, principalmente quando não se tem grande publicidade, mídia ou patrocinadores.

 A história da companhia é marcada de constantes recomeços que sobrevive na adversidade de um país sem tradição de consumo da arte da dança, com muita dedicação por parte de cada integrante da companhia que contribuem para a manutenção e existência da companhia. Parte do sucesso da companhia se deve ainda à perseverança de seu diretor e coreografo Arilton que mesmo com verba curta, lutou insistentemente para que a companhia tenha sua merecida celebração de 21 anos.

Código de Barras

Sem se questionar quem é o seu público, Arilton trabalha para apresentar o que tem a dizer, e ele sempre tem coisas a dizer e a expressar. Em Código de Barras Arilton apresenta sua visão sobre dança e não de formas, mas que transforma seu público, Código de Barras e uma composição baseada na técnica de suspensão, um trabalho totalmente novo que percorre caminhos que até então não eram traçados pelo coreografo, com inusitados momentos e novas sensações. Os códigos de barras são utilizados para representar uma numeração (identificação) atribuída a produtos, nesta montagem com trilha sonora de Beethoven, Arilton faz referência a este código criando novas possiblidades, caminhos, barreiras labirintos e obstáculos.

Com muita obstinação, é que se constrói uma companhia de dança que reúne bailarinos com uma qualidade técnica e de expressão, essa força que faz com que uma companhia resista por mais de duas décadas, arriscando e apresentando novidades.